O antigo internacional russo, Pavel Pogrebnyak, foi multado em 3440 euros pela União Russa de Futebol depois de afirmar que era "ridículo" que jogadores negros representassem a seleção nacional da Rússia.

No comunicado divulgado esta terça-feira, a União Russa de Futebol explicou que para além da multa de 3440 euros aplicada ao antigo avançado, Pavel Pogrebnyak fica ainda suspenso de participar em todas as competições do futebol russo até ao final da presente temporada.

Em declarações ao jornal Komsomolskaya Pravda, Pavel Pogrebnyak mostrou-se indignado com a recente utilização de Ari em dois jogos da seleção nacional da Rússia. Recorde-se que o jogador brasileiro naturalizado russo participou em dois jogos da Rússia.

"É rídiculo quando um jogador negro joga pela seleção nacional da Rússia", afirmou o jogador de 45 anos ao referido diário russo.

"Sou completamente contra [a naturalização de jogadores estrangeiros]. Não há necessidade para tal. Não consigo entender como é que o Ari conseguiu um passaporte russo", acrescentou o antigo jogador de Fulham e Reading.

De acordo com a informação veiculada pela Agência France Press, Pavel Pogrebnyak não vai recorrer do castigo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.