O Sporting praticamente afastou o Sporting de Braga do título feminino de futebol, ao vencer por 4-2 no terreno das minhotas, num jogo da 12.ª jornada em que as ‘leoas’ desequilibraram na segunda parte.

Com um início a um ritmo muito alto, as bracarenses inauguraram o marcador logo aos dois minutos, com Keane, com um belo cabeceamento, a responder da melhor forma a um cruzamento de Uchendu.

O Sporting respondeu de imediato e empatou, por Carolina Mendes que, depois de uma boa iniciativa individual, rematou colocado (04).

A equipa orientada por Susana Cova deu a volta ao marcador aos 36 minutos com um grande golo de Raquel Fernandes, num remate ‘em arco’, mas, em cima do intervalo, a turma de Miguel Santos, atual campeã nacional, restabeleceu a igualdade como outro grande golo, agora por Dolores (45).

Após o equilíbrio da primeira parte, o Sporting reentrou muito forte na segunda e, mesmo antes do terceiro golo, desperdiçou várias oportunidades para marcar, com destaque para dois lances de Raquel Fernandes (49 e 68), a última dos quais com a bola a bater na barra.

Com um Sporting de Braga em clara quebra física, o Sporting passou de novo para a frente aos 73 minutos: Nevena cobrou um livre direto perto da área minhota e, com alguma felicidade, porque a bola bateu na barreira e traiu a guarda-redes das minhotas, fez o terceiro tento ‘leonino’.

Dois minutos depois, Diana Silva, noutro belo golo, num remate colocado já dentro da área, sentenciou o marcador e as ‘leoas' podiam ainda ter feito o quinto logo a seguir, mas Wilkinson rematou à figura de Marie Hourihan.

O Sporting de Braga ficou praticamente de fora da luta pelo título porque pode ficar a 11 pontos do líder Benfica, caso vença no terreno do lanterna-vermelha A-Dos-Francos, e está a oito pontos do Sporting.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.