A Holanda conseguiu uma vitória suada sobre a Nova Zelândia esta terça-feira na cidade de Le Havre, França, no segundo jogo do grupo E do Mundial de Futebol Feminino. A formação campeã da Europa em 2017 venceu com um golo marcado nos descontos.

Jill Roord marcou o golo que garantiu os três pontos à 'Laranja Mecânica' com um golpe de cabeça aos 92 minutos. Tudo indicava que a partida terminaria empatada em 0-0 já que as holandesas não conseguiam aproveitar as suas oportunidades e esbarraram na defesa neozelandesa.

As duas seleções já tinham-se defrontado no Mundial de 2015, no qual a Holanda venceu também por 1-0, graças ao golo de Lieke Martens, estrela da equipa que joga no Barcelona. E assim como há quatro anos, a Nova Zelândia resistiu bem aos ataques das holandesas.

As neozelandesas, que ocupam o 19.° lugar no ranking da FIFA, fizeram as suas adversárias tremer na primeira etapa com os remates de Olivia Chance (11), que foi para fora, e de Rosie White (34) que foi defendido pela guarda-redes Sari Van Veenendaal.

No segundo tempo, a Holanda, com muito apoio do público nas bancadas do estádio Océane de Le Havre, reagiram e criaram boas hipóteses de abrir o marcador pelos pés da jovem Viviane Miedema.

Nos últimos instantes do jogo, a cabeçada cruzada de Roord trouxe alívio para a seleção laranja.

Com esta vitória, a Holanda divide a liderança do Grupo E com o Canadá, que também conseguiu uma vitória por 1-0, na segunda-feira, sobre os Camarões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.