Fernando Santos, que hoje celebra 65 anos, comentou o telefonema que recebeu de Bruno Lage a propósito de Rafa. O extremo do Benfica, recorde-se, foi dispensado dos trabalhos da seleção portuguesa de futebol, devido a uma tendinopatia no adutor à esquerda.

Veja aqui o vídeo

"Quem falou comigo foi o Bruno Lage, e não o contrário. Foi ele que teve essa atenção. É assunto encerrado. Quem decide sobre a condição dos jogadores é a equipa da Unidade de Saúde e Performance da FPF. São eles que dizem se os jogadores estão bem ou não. E só tomo as minhas decisões baseado neles e em mais ninguém", esclareceu o selecionador português em conferência de imprensa.

Fernando Santos desvalorizou ainda a ausência de William Carvalho, jogador que está lesionado e que é totalista na campanha do apuramento para o Euro2020, lembrando que Portugal "tem várias soluções" para o seu lugar no meio campo.

"Tenho confiança em todos os jogadores que aqui estão. Por isso é que estão convocados. Vão dar uma resposta à altura. Falar daquele que não está, isso é que não vai dar a vitória com o Luxemburgo. William está ausente e o assunto fica por aí", frisou.

Os campeões europeus recebem o Luxemburgo, num jogo com início marcado para as 19h45, e deslocam-se a Kiev na segunda-feira, para defrontar a Ucrânia, que lidera o Grupo B.

Em caso de vitória nos dois jogos, e se a Sérvia não vencer na Lituânia, também no dia 14, Portugal garante logo um lugar na fase final do próximo Europeu e mantém-se na luta pelo primeiro lugar do grupo com os ucranianos.

A Ucrânia lidera o Grupo B com 13 pontos, seguido de Portugal, que tem oito, mas menos um jogo. A Sérvia é terceira, com sete, à frente do Luxemburgo, que tem quatro, e da Lituânia, com um.

O Portugal-Luxemburgo vai ter arbitragem do polaco Daniel Stefanski.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.