O selecionador alemão de futebol, Joachim Löw, excluiu hoje Portugal do lote de seleções favoritas a conquistar o Euro2020, considerando também que a sua ‘mannschaft’ não está ao nível de Inglaterra, França, Espanha, Itália, Bélgica e Holanda.

“Equipas com Inglaterra, França, Espanha, Itália, Bélgica e Holanda estão acima de nós. Todos eles já fizeram uma mudança de gerações e, por isso, não nos vejo favoritos à conquista do Europeu”, disse o técnico germânico, na conferência de imprensa de antevisão ao último encontro da fase de apuramento, frente à Irlanda do Norte.

Com a presença no Europeu já garantida, Löw considerou que a campanha da Alemanha no Grupo C foi “soberba”, mas não deixou de lamentar as várias lesões que condicionaram os seus jogadores durante a qualificação.

“Quero dar os parabéns aos meus jogadores. Tivemos uma série de contratempos, porque mais de 10 jogadores se lesionaram. Apesar de tudo, classificámo-nos de forma soberana”, referiu o selecionador.

Para a fase final do Europeu de 2020 estão já qualificadas 17 seleções: Bélgica, Itália, Rússia, Polónia, Ucrânia, Espanha, Turquia, França, Inglaterra, República Checa, Finlândia, Suécia, Alemanha, Holanda, Croácia, Áustria e Portugal.

A fase final da competição realiza-se de 12 de junho a 12 de julho, em 12 cidades, de 12 países.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.