A Federação Egípcia de Futebol anunciou nesta terça-feira nas redes sociais que vai acolher a edição deste ano da Taça das Nações Africanas (CAN2019).

“Tenho o prazer de anunciar que o Egito sediará a CAN2019”, disse Ahmad Ahmad, presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), após uma reunião do Comité Executivo da CAF, em Dacar.

O Egito e a África do Sul, que já organizou por duas vezes a CAN e é único país africano que já recebeu um Mundial, foram os únicos que formalizaram a sua candidatura à organização da prova.

Em 2014, a  Confederação Africana de Futebol (CAF) tinha atribuído a organização das três próximas edições da CAN de uma só vez: 2019 aos Camarões, 2021 à Costa do Marfim e 2023 à Guiné.

Porém, a organização da edição de 2019 ser retirada aos Camarões (passou para 2021), descartado por atraso nas infra-estruturas e problemas de segurança.

Após descartar Camarões para a edição deste ano, a CAF decidiu redistribuir as sedes dos próximos torneios. Os camaroneses ficarão assim com o evento em 2021, enquanto a Costa do Marfim organizará o torneio em 2023. Nesta segunda-feira, a Guiné anunciou ter aceitado organizar a edição de 2025.

O Egito vai ser assim o anfitrião da CAN2019, que vai decorrer entre 15 de junho e 13 de julho. Vai ser a quinta ocasião em que os os egípcios vão sediar a prova. A última vez aconteceu em 2006.

O Egito, com sete triunfos, é o recordista de vitórias na CAN.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.