A seleção cabo-verdiana de futebol volta esta tarde ao Estádio Nacional para preparar o jogo decisivo deste domingo, frente ao Lesoto, no qual a equipa nacional está obrigada a vencer na mira da qualificação para o CAN’2019.

Depois do primeiro treino realizado na tarde desta segunda-feira, com apenas 15 dos 25 convocados, o selecionador Rui Águas espera contar esta tarde, a partir das 15:00, com o concurso de todos os convocados, uma vez que o grosso dos atletas que ainda competiram domingo nos seus clubes no estrangeiro, deverão apresentar-se aos trabalhos.

Kelvin Pires, do Batuque, de São Vicente, e Emerson, da Académica da Praia, são os únicos convocados residentes.

O jogo Cabo Verde-Lesoto conta para a sexta e última jornada do Grupo L de qualificação para o CAN’2019, que se realiza no Egipto, e Cabo Verde para se qualificar está obrigado a vencer e esperar que o Uganda, líder e já qualificado, não perca na sua deslocação à Tanzânia.

Um possível triunfo dos tanzanianos inviabiliza qualquer possibilidade dos “Tubarões Azuis”, nome por que é conhecida a seleção cabo-verdiana, marcar presença no Campeonato Africano das Nações, mas Cabo Verde tem a seu favor o facto do Uganda jogar a sua invencibilidade e de poder fazer história para se se qualificar sem qualquer golo sofrido.

Uganda, já apurado, lidera o Grupo L, com 13 pontos, seguido de Tanzânia e Lesoto com cinco pontos cada, ao passo que Cabo Verde está na cauda da tabela classificativa, com quatro pontos em cinco jogos.

O CAN’2019 vai ser disputado de 15 de Junho a 13 de Julho, no Egipto, país que substituiu os Camarões, que inicialmente acolheria esta edição da Taça Africana das Nações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.