Camarões já lidera o grupo F da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, ao ganhar por 2-0 à Guiné-Bissau e assistir ao empate a duas bolas entre Gana e Benim, em Ismailia, Egito.

Os camaroneses saem da primeira jornada da fase de grupos na frente da tabela, confirmando-se que os campeões em título estão nesta CAN disputada no Egito realmente determinados em conservar o 'cetro' continental.

Na sua segunda participação na CAN - por sinal consecutiva - a Guiné-Bissau deu boa nota, mas acabou por fraquejar ante uma seleção francamente mais forte.

Os 'djurtus' aguentaram até aos 66 minutos, quando um forte cabeceamento de Yaya Banana deixou os Camarões em vantagem, resultado ampliado aos 69, com Stephane Bahoken a finalizar um ressalto de bola.

Os 'leões indomáveis' marcaram assim os seus primeiros três pontos no torneio e ficaram à espera do que se viesse a passar no outro jogo, igualmente disputado em Ismailia.

O Gana, com os irmãos Ayew no ataque - um golo para cada, na partida -, era favorito, mas acabou por ser surpreendido pelo Benim, onde brilhou o veterano Poté, que 'bisou' na partida.

Com uma entrada de rompante, o Benim abriu o marcador logo no segundo minuto, com o primeiro golo de Poté, jogador que já andou pela Liga francesa, mas agora está no campeonato turco.

Reagiu o Gana e virou o resultado, com golos de dois irmãos filhos de Abedi Pelé e frutos da formação do Marselha.

O empate foi de André Ayew, aos 09 minutos, e o 2-1 de Jordan Ayew, aos 42, parecendo ao intervalo que o Gana ia mesmo embalar para um bom resultado.

Tudo se complicou aos 54 minutos com a expulsão de Boye, que deu novo ânimo atacante ao Benim. Sem muita surpresa, o empate foi restabelecido aos 63, novamente por Poté.

O grupo F prossegue sábado, com o Camarões-Gana e com o Benim-Guiné Bissau.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.