CAN2019: Amr Warda perdoado e reintegrado na seleção do Egipto

Jogador tinha sido expulso da seleção na sequência de um alegado caso de assédio sexual.
CAN2019: Amr Warda perdoado e reintegrado na seleção do Egipto
Amr Warda EPA/KHALED ELFIQI

O futebolista Amr Warda foi reintegrado na seleção egípcia que está a disputar a Taça das Nações Africanas de 2019 (CAN2019), depois de ter sido excluído na sequência de um alegado caso de assédio sexual.

A Federação do Egipto (EFA) decidiu voltar atrás na decisão tornada pública na passada quarta-feira com base na pressão levada a cabo pelos colegas de equipa e num pedido de desculpas do próprio futebolista que já representou em Portugal o Feirense.

O retorno foi anunciado por Ahmed Shobier, vice-presidente da EFA, através de uma publicação nas redes sociais na última noite e nesta sexta-feira a própria federação dá conta da reintegração.

Warda, de 25 anos, foi excluído na quarta-feira da seleção egípcia depois de ter sido acusado de ter assediado várias mulheres nas redes sociais e de várias imagens de alegadas mensagens suas terem sido tornadas públicas.

No ano passado, Warda chegou a assinar com o Feirense, mas acabou por ser dispensado poucos dias depois, por, alegadamente, ter assediado a mulher de um companheiro de equipa.

O Egito é anfitrião do CAN 2019 e já se qualificou para os oitavos-de-final da competição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.