A Académica do Porto Novo recebe no sábado o Mindelense de São Vicente, no jogo grande da terceira jornada do campeonato de futebol em Cabo Verde, que poderá começar a definir as equipas mais bem posicionadas para chegar às meias-finais.

Depois de um empate e uma vitória nas duas primeiras jornadas, Académica do Porto Novo e Mindelense de São Vicente lideram o Grupo A, com quatro pontos cada, e assumem-se claramente como candidatos a vencer o campeonato nacional.

O jogo no Estádio Municipal do Porto Novo vai pôr frente a frente duas equipas de ilhas vizinhas e que se conhecem muito bem, por terem se defrontado nas épocas recentes para o nacional.

Em antevisão do jogo, os treinadores Gunga Fonseca (Académica) e Rui Alberto Leite (Mindelense) elogiaram-se mutuamente e enfatizaram as qualidades das equipas adversárias, mas não esconderam a ambição de sair do jogo com os três pontos.

No outro jogo do Grupo A, a Académica da Praia, treinada pelo antigo internacional cabo-verdiano Lito Aguiar e também um dos candidatos a chegar à final, vai receber o Sal Rei da Boavista.

Será um jogo entre duas equipas que têm um ponto cada e procuram a primeira vitória na prova máxima de clubes em Cabo Verde.

No Grupo B, há também jogo entre os dois líderes, o Foguetões de Santo Antão Norte e o Belo Horizonte de São Nicolau, duas equipas com quatro pontos cada.

No outro jogo do grupo, o Scorpion de Santa Cruz (Santiago Norte), com dois pontos, vai receber a Morabeza da Brava, única equipa ainda não conquistou qualquer ponto no nacional.

No Grupo C, o campeão nacional Sporting da Praia, que perdeu na última jornada com a Palmeira do Sal, recebe este fim de semana o Vulcânico do Fogo, um dos líderes com quatro pontos.

A outra equipa no topo da classificação do grupo é a Palmeira do Sal, também com quatro pontos, e que vai jogar no terreno do Barreirense do Maio, que tem um ponto conquistado.

A fase de grupos do campeonato cabo-verdiano decorre até 12 de maio, em que se apuram para as meias-finais os vencedores de cada grupo e o melhor segundo classificado de todos os grupos.

Segue-se depois o sorteio das meias-finais, com jogos marcados para 19 e 26 de maio.

A final será no dia 03 de junho e a partir deste ano o campeão nacional passará a ser decidido num único jogo, a ser disputado num estádio sorteado previamente.

Segundo o regulamento da prova, o estádio da final deveria ser designado pela Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) "preferencialmente antes do início da competição".

As regiões desportivas de Santo Antão Sul, Santiago Sul e Sal foram as únicas que até agora se candidataram a receber a final da prova.

Questionado hoje pela agência Lusa, o presidente da FCF, Mário Semedo, disse que a decisão sobre o estádio da final será tomada em breve.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.