A Académica do Porto Novo recebe, sábado, no seu reduto, o Mindelense, num jogo que “é crucial, mas não determinante” para as contas do Grupo A do campeonato nacional, conforme o técnico da equipa porto-novense, Gunga Fonseca.

Na antevisão da partida, a contar para a terceira jornada da prova, o técnico da Académica do Porto Novo considerou que todos os jogos deste grupo “são cruciais, mas ainda não determinantes”, pelo que a sua equipa vai encarar o desafio com o Mindelense como sendo “mais um jogo”, mas a pensar na vitória.

“O Mindelense tem os mesmos objetivos que a Académica, que é ser campeão nacional, mas temos a vantagem de jogar sempre para ganhar”, notou o treinador dos campeões regionais em Santo Antão – Sul, antevendo “um grande jogo entre duas grandes equipas”.

Depois da vitória, por 2-0, frente à Académica da Praia, na segunda jornada, o estado de espírito da equipa porto-novense é “bom”, segundo Gunga Fonseca, que quer vencer, este sábado, para assumir a liderança isolada do Grupo A da prova máxima do futebol cabo-verdiano a nível de clubes.

No outro jogo do Grupo A, a Académica da Praia recebe, no Estádio da Várzea, o Sal Rei, da Boa Vista.

A Académica do Porto Novo e o Mindelense repartem a liderança do grupo, ambos com quatro pontos, enquanto Sal Rei e Académica da Praia têm um ponto cada.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.