O Tchadense tornou-se na primeira equipa da história do futebol santiaguense que sobe de divisão e chega aos 21 pontos, depois de vencer, sábado, o Vitória por 3-1, em jogo da 13ª jornada do regional de Santiago Sul.

Esta informação foi avançada à Inforpress pelo treinador adjunto de Tchadense, Adilson Barros, considerando que esta "façanha" é fruto de trabalho da direção e da equipa técnica, que desde início o apostaram em fazer um campeonato tranquilo.

"Somos a equipa mais jovem do campeonato e a maioria dos jogadores são das escolas de formação", frisou Tropa, como também é conhecido, adiantando que como prova disso esta semana a equipa fez estrear, a titular, um guarda-redes de 16 anos.

Após este triunfo sobre o Vitória, a equipa da Achada de Santo António passa a ocupar a sexta posição, acima de equipas tradicionais de Santiago Sul como os Travadores, Vitória e Celtic.

Sendo assim, o Tchadense, que é a equipa mais jovem do campeonato, já tem a manutenção quase garantida, quando faltam mais nove jornadas e 27 pontos por disputar.

No outro jogo de sábado, "os aflitos" Benfica e Eugénio Lima empataram a uma bola e continuam nos 9º e 10º lugar, respetivamente.

Hoje, o Boavista da Praia, na segunda posição com 25 pontos, vai tentar vencer a formação dos Garridos e encurtar a vantagem em relação ao Sporting para três pontos.

A jornada termina com o clássico entre o Desportivo da Praia e Os Travadores, partida importante para os militares, uma vez que também com 25 pontos e com uma vitória ficam a três pontos do líder.

Os Travadores, equipa que outrora foi sempre um crónico candidato ao título, está na sétima posição com 17 pontos.

Sexta-feira, 17: Sporting 0 – Académica 0, Celtic 0 - Bairro 1.

Sábado, 18: Eugénio Lima 1 - Benfica 1, Tchadense 3 - Vitória 1.

Domingo, 19: Boavista - Os Garridos, Desportivo da Praia - Travadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.