O presidente do Tchadense, Caló Ichi, desmente que a equipa técnica de futebol do clube, agremiação que lidera o regional de Santiago Sul da primeira divisão, tenha abandonado as suas funções, alegando mesmo não existir qualquer descontentamento com a direção.

Em declarações à Inforpress, o antigo futebolista internacional cabo-verdiano disse que toda a equipa do Tchadense (direção, treinadores e jogadores) está tranquila, a preparar-se para o embate desta sexta-feira, ante os detentores do título do Desportivo da Praia, referente à sétima jornada do campeonato.

Caló justifica o cancelamento do treino no Campo de Sucupira, alegando que a equipa estava em mini-férias da quadra natalícia e que por não serem profissionais, os atletas não são obrigados a compareceram aos treinos.

Caló faz questão de sublinhar que o Tchadense, equipa invicta neste seu regresso à primeira divisão, goza apenas do protocolo com a equipa de formação, Escola Bola Pa Frente, e que não tem nenhuma outra ligação com qualquer outra academia.

E porque a direção faz questão de deixar bem claro que não existe qualquer imbróglio com a equipa técnica, a Inforpress pede desculpas por eventuais transtornos causados a esta jovem equipa da região desportiva de Santiago Sul.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.