O presidente do Sport Lisboa e Benfica desafiou este domingo,  o presidente dos Travadores a inspirar no seu percurso à frente do clube da Luz, para devolver o prestígio aos Travadores “numa determinada estratégia no seu espaço”, em Cabo Verde.

Luís Filipe Vieira fez estas considerações durante a visita que efectuou na tarde deste domingo à sede social do Clube Desportivo Os Travadores, no Plateau, considerado a sexta delegação do Sport Lisboa e Benfica fora da Europa, onde aconselhou a nova direcção, liderada pelo major na reforma, Abel Mendonça a apostar em obras, dedicação, presença e trabalho, em vez de “protocolos”.

“Agarre-se muito aos Travadores para resolver o problema. É aqui que deve criar a sua própria dinâmica, principalmente começar pelo futebol. Daquilo que estou a compreender é o clube deste país. O senhor tem uma responsabilidade de voltar a dar vida ao clube”, realçou Luís Filipe Vieira, deixando, contudo, a promessa de que o “Benfica irá fazer tudo o que puder para ajudar os Travadores”.

Neste particular deixou bem vincado que o Sport Lisboa Benfica exige da direcção dos Travadores um trabalho com dedicação, determinado num trabalho profissionalizado, para poder ter “feed-back”, ao mesmo tempo que apontou exemplos concretos de como trabalhou para fazer do Benfica “o maior clube português e um dos maiores do mundo”.

Entretanto, deixou também aberta a possibilidade de a direcção dos Travadores ser incluída no projecto do Governo de Cabo Verde que a 7 e 8 de Novembro estará em Portugal para rubricar um protocolo com o Benfica, no Seixal, e prometeu “ajudar, de certeza absoluta os Travadores” e estudar o que de melhor os dois emblemas possam fazer em conjunto.

O líder do clube da Luz que se fez acompanhar do “capitão Luisão” e restantes elementos da comitiva nesta sua deslocação a Cabo Verde, pediu que a direcção dos Travadores trabalhasse para que o clube “volte a encher os estádios em Cabo Verde e ser campeão”, de modo a conquistar “mais títulos”, que vão ao encontro da força do emblema do clube.

Quem também usou da palavra nesta visita foi o “capitão Luisão” que corroborou das palavras do presidente Luís Filipe Vieira a respeito do profissionalismo para demonstrar a grandeza do Benfica “naquilo que se envolve”, tendo a esse respeito retomado passagens da palestra que proferiu na Universidade de Santiago.

“Quando a gente tem vontade de vencer, tem carácter e principalmente valor, a gente consegue chegar aonde quer que seja, mesmo que outras pessoas queiram frustrar os nossos sonhos. Por isso vale a pena sonhar, mas também vale a pena viver o objectivo”, disse Luisão para quem toda a direcção, adeptos e simpatizantes dos Travadores devem correr atrás do objectivo em vez de sonhos.

A oportunidade foi aproveitada para o presidente do SLB doar equipamentos, botas, bolas de entre outros materiais aos Travadores, clube que, entretanto, fez as honras da casa com “souvenir” das encomendas da terra e um quadro esculpido do emblema dos Travadores.

A visita da delegação do Benfica contou com uma casa repleta dos adeptos encarnados que ovacionaram a comitiva com batucada, foguetes, fogos de artifício, seguida de sessões de fotografias e autógrafos na Avenida Amílcar Cabral, onde se situa a sede dos Travadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.