A seleção cabo-verdiana de jogadores residentes iniciou, esta terça-feira, no Estádio Nacional, os treinos de preparação para o torneio da União das Federações Oeste Africana (UFOA), com destaque para as ausências de Pibib (Midelense) e Fifa (Académica do Fogo).

Segundo informações fornecidas por elementos da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Pibib foi autorizado a apresentar-se na próxima quinta-feira, para resolver "assuntos pessoais".

Já Fifa não treinou por conta de uma "indisposição".

Patchik, recorde-se, pediu na segunda-feira para ser dispensado do estágio da seleção nacional, alegando motivos pessoais, o que foi "prontamente" aceite pela equipa técnica.

Cabo Verde, de acordo com o sorteio realizado recentemente em Dakar, irá defrontar na primeira eliminatória a Costa do Marfim, no dia 30 de setembro, e a Nigéria, no dia 05 de outubro.

O torneio da UFOA, que decorrerá de 28 de setembro a 13 de outubro, conta com um total de 22 jogos em 16 dias, e terá lugar em Thies, que fica a cerca de 90 minutos de Dakar (Senegal).

O modelo da competição assenta numa eliminatória disputada pelos 16 países através de sorteio, já efetuado, qualificando-se oito países para a segunda eliminatória, com os restantes oito países a disputarem um outro troféu denominado ‘Consolação’.

Participam na prova as seleções nacionais de Cabo Verde, Costa do Marfim, Benim, Burkina-Faso Gâmbia, Gana, Guiné-Bissau, Guiné Conacri, Libéria, Mali, Marrocos, Mauritânia, Níger, Nigéria, Senegal e Togo.

A UFOA, competição destinada a jogadores residentes, é patrocinada pela cadeia de televisão norte-americana FOX Sports.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.