A equipa do Académico 83 venceu, este domingo, a sua adversária Beira-Mar, por 5/ 4 , na marca das grandes penalidades, após um empate a uma bola no tempo regulamentar, e com este resultado conquistou a Taça dos Campeões.

Segundo o treinador da equipa do Académico 83, Ná, a sua equipa esteve melhor durante o jogo, dominando quase toda a partida, embora tenha admitido que os seus jogadores permitiram um empate num lance, considerou que o juiz da partida “exagerou” ao marcar uma grande penalidade.

De todo modo, aquele treinador avançou que a sua equipa tem como objectivo vencer todas as provas em que se encontra inscrita, o que passa, inclusivamente, para a revalidação do título de campeão regional.

Por seu lado, o treinador da equipa do Beira-Mar, Manu, afiançou que os seus jogadores estiveram “bem” durante a partida, acreditando sempre que podiam levar de vencida a sua adversária, principalmente no momento em que conseguiram empatar o jogo, na segunda metade da partida. De todo o modo, admitiu que nas marcas das grandes penalidades, qualquer uma das equipas podiam vencer a partida.

O técnico da equipa que subiu de divisão na época passada assegurou ainda que o objectivo da turma do Beira-Mar é lutar para a manutenção, mas adiantou que vão fazer de tudo para uma boa prestação, ganhando o máximo dos jogos possíveis, de forma a não só garantirem a manutenção, mas também para apresentarem aos seus adeptos um bom nível de futebol.

Durante os 90 minutos da partida, o golo da equipa do Académico 83 foi apontado por Leça, enquanto o tento da turma de Beira-Mar foi marcado por Biosa, na transformação de uma grande penalidade.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.