A equipa técnica de futebol do Tchadense, agremiação que lidera o regional de futebol de Santiago Sul da primeira divisão da temporada 2016/17, decidiu demitir-se por discordar da forma como a equipa vem sendo dirigida pela direção.

Segundo apurou a Inforpress, o treinador Ruca, juntamente com os adjuntos Ivanildo e Tropa, decidiram abandonar a equipa, numa altura em que a jovem formação de Achada de Santo António vem sendo a grande revelação do campeonato da primeira divisão ao comandar, de forma invicta, a prova neste seu regresso à primeira divisão.

Constituída na sua grande maioria por futebolistas formados pela Associação Escola Futebol Criolinhos e Criolinhas, do monitor e futebolista Barusco, recentemente habilitado com a Licença C da CAF, a equipa de Tchadense conta no seu plantel com o concurso de alguns reforços recrutados no interior de Santiago.

A formação de Tchadense é presidida atualmente pelo antigo futebolista internacional cabo-verdiano, Caló, atleta que teve a sua classe marcada pelo profissionalismo no Qatar.

Líder da prova, Tchadense vem de uma vitória sobre o Celtic por 1-0 em jogo da sexta jornada e vai defrontar os detentores do título do Desportivo da Praia, na próxima jornada, a sétima.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.