A Académica do Porto Novo participa no campeonato nacional de futebol a pensar na qualificação à fase seguinte da prova (meias-finais), objetivo que passa pela vitória, este domingo, no Estádio da Várzea frente à congénere da capital.

Quem o diz é o técnico dos campeões em título de Santo Antão – Sul, Gunga, que, na antevisão do jogo, garante que a sua equipa, com dois empates conseguidos até agora, “continua motivada e focada” na luta por esse propósito, que é a qualificação às semi-finais do campeonato nacional.

Gunga explica que a sua equipa conhece “bem” a Académica da Praia, detentora do título nacional, um adversário em relação ao qual diz ter “grande respeito” mas “a aposta vai ser na conquista dos três pontos, para se manterem na luta pela qualificação, avançou.

“É um jogo em que o nosso adversário, que vem de um resultado negativo (derrota frente ao Mindelense), vai querer ganhar, mas a Académica do Porto Novo, também, quer vencer, apesar do campo difícil e do grande respeito que temos pelo nosso adversário”, notou o treinador da equipa santantonense.

Académica do Porto Novo, com dois pontos, desloca-se, hoje, à Cidade da Praia, onde vai defrontar a congénere local, enquanto o outro jogo do grupo A coloca frente à frente a Académica do Fogo e o Mindelense.

O Mindelense lidera, com quatro pontos, a seguir vêm as academias do Porto Novo e do Fogo, ambas com dois pontos, estando em último lugar do grupo a “micá” da Praia com um ponto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.