O treinador espanhol Domènec Torrent elogiou hoje o “trabalho fantástico” de Jorge Jesus no Flamengo, que tentará aproveitar e dar-lhe posteriormente um cunho pessoal, “muito parecido” ao do técnico hoje apresentado no Benfica.

“Respeito muito o fantástico trabalho de Jorge Jesus e o dos jogadores, temos que o aproveitar. É um processo vencedor e, pouco a pouco, vamos implementar o nosso próprio estilo, que é muito parecido, mas tem pequenas diferenças. Acho que os adeptos vão gostar”, vincou Torrent.

O treinador, de 58 anos, foi adjunto do compatriota Pep Guardiola no FC Barcelona, Bayern Munique e Manchester City, entre 2008 e 2018, quando assumiu o desafio de ser o treinador principal do New York City, na liga norte-americana, clube que deixou no fim de 2019.

“Não tive contacto com Jorge Jesus, mas sei muito bem como ele jogava. Agora, o mais difícil não é ganhar, é ganhar novamente e quero ser vencedor por muitos anos", disse Torrent.

Em 13 meses, Jesus conquistou seis títulos nos ‘canarinhos’, entre eles o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores, o troféu de clubes mais importante do continente, com um futebol ofensivo, que privilegia a posse de bola e rigor tático.

O técnico destaca o facto de o Flamengo ser “muito respeitado fora da América”, facto que o tornou na sua “primeira opção”, já que, assegura, teve outros convites, inclusive de clubes europeus.

O Flamengo começa a defesa do título no domingo, no Maracanã, frente ao Atlético Mineiro, orientado pelo argentino Jorge Sampaoli.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.