Tomaz Morais, director do futebol de formação do Sporting Clube de Portugal, reagiu em comunicado, depois da Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado esta quarta-feira que foram concluídos todos os campeonatos seniores não-profissionais a Liga Revelação, a Liga BPI e a II Divisão de futebol feminino.

Tomaz Morais considerou que esta decisão foi recebida com “normalidade” por parte dos responsáveis Leoninos.

"Sempre pusemos a saúde em primeiro lugar. Como tal, e até pelo bom senso que tem havido nas tomadas de decisão relativas ao futebol de formação, já esperávamos que a FPF, mais tarde ou mais cedo, nos informasse quanto a este anúncio. No que diz respeito aos sub-23, era quase unânime da parte dos Clubes e da FPF que a Liga Revelação tinha chegado ao fim. Encaramos esta decisão como uma acção de valorização da saúde pública", afirmando, abordando ainda o caso da equipa de sub-23.

“Quanto aos sub-23, vamos pensar no que vamos fazer porque a equipa tem uma ligação muito próxima ao futebol profissional e vamos conversar com os responsáveis para definir qual a melhor decisão a tomar nesta fase. Para já, vão manter a actividade física até termos definido com o treinador Leonel Pontes e o director técnico Miguel Quaresma o que vai acontecer”, informou.

O diretor do futebol de formação mostrou também alguma preocupação no que diz respeito à atribuição dos lugares europeus no futebol feminino.

“Vamos fazer exactamente o mesmo com a equipa de futebol feminino e mantê-la em actividade porque existem questões pendentes como o acesso à Liga dos Campeões. Não sabemos o que vai acontecer e, como tal, não podemos interromper a prática física. Vamos esperar por uma decisão, temos expectativas de estar presentes nessa competição porque o campeonato não tinha terminado e tínhamos possibilidades de lá chegar", finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.