Cristiano Ronaldo concedeu uma entrevista a Piers Morgan no programa "Good Morning Britain" em que fala, entre outros assuntos, da infância difícil e da mudança para o continente.

O craque português recordou os primeiros tempos que passou em Lisboa quando se mudou para o Sporting. Ronaldo revelou que devido às dificuldades financeiras da altura costumava ir com os colegas a um McDonald's onde lhes davam comida.

"Quando era miúdo, com uns 12 anos, não tínhamos dinheiro. E vivíamos juntamente com outros jovens jogadores provenientes de outras zonas do país. Era um período complicado, sem a família por perto. Às 10 e tal 11 horas, tínhamos fome e havia um McDonalds perto do estádio. Nós batíamos à porta e pedíamos para ir comer um hambúrguer qualquer. Estava lá sempre a Edna e duas outras raparigas que nunca mais encontrei", começou por contar.

"Perguntei por elas em Portugal, mas já fecharam o McDonald’s. Mas se esta entrevista puder ajudar a encontrá-las, eu ficaria muito feliz. Quero convidá-las para irem a Turim ou Lisboa jantar comigo. Quero dar algo em troca pelo que fizeram. Nunca me esqueci desse momento", admitiu Cristiano Ronaldo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.