Pode-se dizer que os laterais são os novos avançados do futebol moderno. Os clubes de topo têm batalhado e muito para terem nos seus planteis os melhores defesas laterais, capazes de responder às exigências do futebol moderno. Neste defeso, que ainda vai a meio, tem sido os defesas que atuam nos corredores a mexer com o mercado. Clubes como PSG, Barcelona, Manchester City e AC Milan tiveram de ir ao mercado para reforçar o seu sector mais recuado.

Barça queria Bellerin mas teve de ´atacar` Nélson Semedo
Desde que Dani Alves deixou o Barcelona que o gigante espanhol se vem debatendo com a falta de profundidade no corredor direito. O brasileiro destacava-se pelo apoio que dava no ataque (no Barcelona era quem mais golos dava a Messi) e desde que saiu para a Juve que os catalães nunca mais encontraram uma solução capaz de fazer esquecer Dani Alves. Por isso os responsáveis ´blaugrana` deram 30 milhões de euros ao Benfica por Nélson Semedo, reforçando assim uma das posições de maior carência.

Verão quente no futebol: recorde as contratações mais sonantes até ao momento
Verão quente no futebol: recorde as contratações mais sonantes até ao momento
Ver artigo

A prioridade principal era Hector Bellerin mas o Arsenal mostrou-se nada recetível em vender o catalão. O Barcelona queria fazer regressar o jovem defesa à casa, mas a relutância dos ´gunners` em vender fizeram o clube virar-se para Nélson Semedo, jogador campeão pelo Benfica e que tem vindo a ter uma ascensão meteórica.

Manchester City ´perdeu a cabeça` e bateu dois recordes numa semana
De todos os clubes, o Manchester City é aquele que mais tem investido para reforçar a sua defesa. Todos os quatro laterais que estavam no plantel saíram (Sagna, Clichy e Zabaleta terminaram contrato e saíram, Kolarov pediu para sair e vai para a AS Roma) pelo que Guardiola teve de ir ao mercado. E não foi para regatear, mas sim fechar os negócios o mais cedo possível. Por isso deu 57 milhões de euros pelo ex-Tottenham. Poucos dias depois contratou Benjamin Mendy ao Mónaco, pagando mais 700 mil euros do que tinha dado por Kyle Walter, fazendo do francês o defesa mais caro de sempre do futebol. Dois recordes em menos de uma semana.

Nada satisfeito, os ´citizens` contrataram Danilo ao Real Madrid por 29,5 milhões de euros. Nesta altura Guardiola tem três laterais e até poderá ir ao mercado por um quarto, embora tal seja pouco provável.

Milan e Real Madrid também foram ao mercado

O AC Milan, o clube que tem dominado o mercado de transferências até agora, também teve de reforçar o seu sector recuado. Deu 25 milhões de euros ao Atalanta para contratar o lateral Andrea Conti, de 23 anos. E ainda 18 milhões de euros ao Wolfsburgo para ter o suíço Ricardo Rodriguez.

O Real Madrid, que parece ter invertido a sua política de contratações, apostando mais em jovens valores, contatou o francês Theo Hernández, lateral esquerdo do Atlético Madrid, pagando 30 milhões de euros, de acordo com dados do Transfermarkt.

Alex Sandro, o mais concorrido

Além dos negócios já confirmados, outros ainda poderão ser feitos até ao final de agosto, quando encerrar o mercado de verão. Alex Sandro é um dos mais pretendidos. O lateral que a Juventus comprou ao FC Porto por 26 milhões de euros no início da época 2015/2016 é um dos mais cobiçados da atualidade. O brasileiro de 26 anos tornou-se num dos mais versáteis laterais da atualidade, despertando a cobiça de vários clubes. O Chelsea de Conte, que tão em o conhece, está disposto a cometer uma ´loucura` para levar o jogador para Stamford Bridge. Em Inglaterra falam num negócio que pode chegar até aos 70 milhões de euros. O PSG também está atento e já mostrou interesse no jogador.

Sidibé, do Mónaco, também é outro jogador com mercado, com PSG atento a situação do francês. Em Portugal, o portista Ricardo Pereira também é outro lateral que está nas cogitações de vários emblemas. As duas excelentes épocas realizadas no Nice fizeram dele um jogador apetecível, mas será difícil convencer o FC Porto a libertar o jogador. O Tottenham é um dos interessados.

Oficial: Lindelof assina pelo Manchester United até 2021
Oficial: Lindelof assina pelo Manchester United até 2021
Ver artigo

Centrais também dominam

Mas não só de laterais ´vive` o mercado. Os defesas centrais também têm sido muito procurados e já se realizaram alguns negócios milionários. O AC Milan pagou 40 milhões à Juventus para ter Bonucci. O Manchester United também veio a Portugal e contratou Vitor Lindelof ao Benfica por 35 milhões de euros. O Chelsea deu 35 milhões à AS Roma para ter Antonio Rüdiger, jovem alemão de 24 anos.

O Everton não teve problemas em dar 24 milhões de euros ao Burnley para contratar o central Michael Keane, de 24 anos. O Bayern Munique pagou 20 milhões ao Hoffenhein por Niklas Sule, o Inter Milão deu 23 milhões por Milan Skriniar, ex Sampdória; Nathan Ake (ex-Chelsea) custou 23 milhões de euros ao Bournemouth Maksimovic trocou o Torino pelo Nápoles por 20 milhões de euros.

Até dia 31 de agosto ainda vamos ter muitos negócios surpreendentes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.