A revista inglesa 'World Soccer' voltou a eleger Lionel Messi como o Melhor Jogador do Ano. Com esta distinção, o craque argentino chega à tripla coroa, depois de ser distinguido como Melhor do Mundo pela FIFA e pela revista 'France Football'.

Na edição de 2019, Messi bateu o holandês Virgyl Van Dijk por apenas 11 pontos: 613 contra 602.

Esta foi a quinta vez que o jogador argentino venceu o prémio de Melhor do Mundo desta publicação mensal, igualando assim Cristiano Ronaldo que venceu em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017. Messi já tinha vencido em 2009, 2011, 2012 e 2015. Nesta edição de 2019, Cristiano Ronaldo não foi além do quarto posto, tendo ficado atrás de Sadio Mané.

O prémio, criado em 1982, conta com as votações de 69 jornalistas de diversas nacionalidades.

O Liverpool foi eleito Equipa do Ano, com 60 dos 69 votos dos jornalistas (três votos foram para Manchester City, Ajax e seleção feminina dos Estados Unidos, cada um). Já Jurgen Klopp, treinador dos 'reds' foi distinguido com o prémio de Melhor Treinador por 67 dos 69 jornalistas do painel.

Sem fazer qualquer diferenciação entre géneros, há a destacar o facto de dez jogadoras de futebol estarem entre os 70 votados. A norte-americana Megan Rapinoe foi a melhor, ela que aparece na 21.ª posição geral (entre homens e mulheres)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.