Marco Silva passou por Portugal para participar numa homenagem a Paulinho, roupeiro do Sporting, que decorreu este sábado em Almada, e não deixou de falar do campeonato português.

O técnico elogiou a forma como Bruno Lage conduziu o Benfica à conquista do 37.º título de campeão da sua história e disse entender a decisão de Jorge Jesus de rumar ao Flamengo.

"Recebeu uma oportunidade muito importante para ele e teve grande mérito na forma como conseguiu chegar ao título. Isto é mesmo assim: tem que se dar mérito aos vencedores. Na última época, o FC Porto e o Sérgio tiveram muito mérito, mas este agora vai todo para o Benfica e para Bruno Lage. A segunda volta do Benfica era tremendamente difícil, mas ele só empatou um jogo. Isso demonstra a sua qualidade", disse Marco Silva.

Sobre Jorge Jesus, o treinador português disse 'entender' a decisão do companheiro de profissão: "É uma experiência nova para ele. Mais do que ninguém, sabe o que será melhor para a carreira e o futuro dele. É um campeonato onde não é muito normal vermos treinadores portugueses, mas é um clube grande do Brasil e Jorge Jesus irá com a esperança de fazer excelentes resultados."

Por fim, Marco Silva falou sobre a temporada ao serviço do Everton e prometeu fazer melhor na próxima época.

"Foi uma temporada bastante positiva. Já é o terceiro clube em Inglaterra e, felizmente para mim, tenho conseguido melhorar e dar os saltos importantes na carreira num campeonato onde toda a gente quer estar. No primeiro ano, o clube passou por uma mudança profunda, não só a nível técnico, mas estrutural, de filosofia e de ideia de jogo. Neste ano não fomos tão constantes como queríamos durante a época, mas a forma como terminámos dá-nos esperanças que o próximo ano seja ainda mais positivo. Somos ambiciosos e queremos fazer melhor do que fizemos esta época."

A finalizar, o líder dos 'toffees' falou sobre a Liga das Nações e garantiu que deseja uma final entre Portugal e Inglaterra, que vão defrontar Suíça e Holanda, respetivamente, nas meias-finais. "O futebol inglês tem vindo a mudar, sobretudo a nível da formação. Eles têm conseguido grandes resultados nas camadas jovens e basta ver a seleção fortíssima que levam ao Europeu sub'21. A seleção principal também tem estado a um nível muito alto, fez um excelente mundial e agora tem a ambição de vencer a Liga das Nações. Espero sinceramente poder vê-los a jogar com Portugal na final."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.