Cristiano Ronaldo foi eleito Melhor Jogador de 2018 nos Globe Soccer Awards, que decorreram esta quinta-feira no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O ‘capitão’ da seleção portuguesa venceu o prémio pela quinta vez, a terceira de forma consecutiva. O português também venceu o prémio de Melhor Golo de 2018.

Na corrida a Melhor Jogador de 2018 estavam Cristiano Ronaldo e os franceses Antoine Griezmann e Kylian Mbappé, ambos campeões do Mundo pela França. A escolha acabou por recair em Cristiano Ronaldo, que já tinha ficado em segundo lugar no prémio de Melhor do Mundo da FIFA e France Football em 2018, batido por Modric.

Na hora de receber o prémio, CR7 agradeceu à família e amigos.

"É uma honra receber este troféu. Tenho de agradecer à família, à minha namorada, ao meu filho – o mais velho, porque os bebés estão no hotel. Aos meus amigos, ao Jorge [Mendes] e ao staff. Ganhei muitos troféus, a Liga dos Campeões, foi inacreditável novamente. Estou muito feliz por ganhar mais um prémio. Sonho ganhar muitas coisas com a Juventus. O que aconteceu em 2018 já passou. Gosto de desafios, a minha nova vida é na Juventus. Obrigado ao povo árabe que me recebeu tão bem. E claro, obrigado aos mais novos, são a minha motivação. Também jogo por eles, motivam-me para jogar bem e marcar golos. As crianças são o futuro", disse o português, que recebeu o prémio das mãos de Didier Deschamps.

Ronaldo venceu em 2011, 2014, 2016 e 2017, além de novo troféu referente a 2018, e é o único atleta a ter sido o melhor jogador mais do que uma vez, depois de distinções para o colombiano ex-FC Porto Radamel Falcao (2012), o francês Franck Ribéry (2013) e o argentino Lionel Messi (2015).

Em 2016, Fernando Santos recebeu o prémio de melhor treinador do ano, quando foi campeão europeu com Portugal, numa gala que já premiou também, ao longo dos anos, nomes do futebol português como José Mourinho, Pinto da Costa, Deco ou a academia do Benfica.

Momentos antes, o português tinha recebido o prémio de Melhor Golo de 2018. O golo do internacional português apontado a Juventus, quando ainda representava o Real Madrid, foi o grande vencedor. Nessa partida, Cristiano Ronaldo marcou um golaço de bicicleta, que até mereceu palmas por parte dos adeptos da 'Vecchia Signora'.

"Antes de mais, feliz ano novo a todos. Agora estamos em 2019, um novo ano. 2018 é passado, já lá vai. Comecei muito bem com este prémio para este maravilhoso golo. Infelizmente foi contra a minha atual equipa. Obrigado aos fãs, porque sem eles o futebol não é nada", disse o português.

O capitão da seleção portuguesa diz-se sentir honrado com o prémio, admitindo que o golo à Juventus foi realmente bonito: "Para além dos muitos golos que já marquei ao longa da carreira este é sem dúvida o melhor", comentou.

O craque português esteve na cerimónia, ao lado da namorada Georgina Rodríguez e do filho mais velho, Cristianinho.

Na cerimónia, Jorge Mendes recebeu o prémio de Agente do Ano, o Atlético Madrid foi eleito Clube de 2018. Os prémios de carreira foram atribuídos ao croata Zvonimir Boban, ao brasileiro Ronaldo e ao francês Blaise Matuidi (Juventus), este último para jogadores no ativo.

 Vencedores dos Globe Soccer Award

Melhor Jogador de 2018: Cristiano Ronaldo

Melhjor Golo de 2018: Cristiano Ronaldo

Melhor Treinador de 2018: : Didier Deschamps (seleção de França)

Melhor Clube de 2018: Atlético Madrid

Prémio Carreira de treinador: Fábio Capello

Prémio Carreira como jogador no ativo: Blaise Matuidi (Juventus/França)

Melhor Diretor Desportivo de 2018: Fabio Paratici (Juventus)

Prémios Carreira: Zvonimir Boban, Ronaldo Nazário

Prémio Carreira para Jogador Árabe: Sami Al-Jaber

Melhor Árbitro Árabe: Mohammed Abdullah

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.