O futebolista português Bernardo Silva, jogador do Manchester City, tornou-se hoje o 11.º internacional português a ficar no ‘top 10’ da Bola de Ouro da revista francesa France Football.

O jogador formado no Benfica ficou no nono lugar da classificação de 2019, sucedendo a José Águas, Eusébio, José Torres, Chalana, Futre, Figo, Ricardo Carvalho, Deco, Cristiano Ronaldo, que soma a 13.ª presença, e Pepe.

Bernardo Silva, que entrou pela primeira vez na lista dos 30 nomeados, tal como João Félix, que ficou no 28.º lugar, igualou, para já, Águas, Torres, Chalana, Futre, Ricardo Carvalho, Deco e Pepe, todos só com uma presença nos ’10 mais’.

A lista portuguesa de presenças no ‘top 10’ é liderada, de forma destacada, por Cristiano Ronaldo, vencedor do troféu por cinco vezes (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017), seguido do ‘rei’ Eusébio, com oito, incluindo o triunfo de 1966.

Figo é o outro jogador luso com mais de uma presença, ao somar três, com destaque para o triunfo de 2000, o ano da sua polémica transferência do FC Barcelona para o Real Madrid e da campanha lusa até às meias-finais do Europeu.

O jogador formado no Benfica saltou para o quarto lugar do ‘ranking’ português, sendo que, com 25 anos, tem todas as possibilidades de voltar a conseguir um lugar entre os 10 melhores do Mundo.

Em 2019, Bernardo Silva ajudou Portugal a conquistar a Liga das Nações e a qualificar-se para o Europeu de 2020 e o Manchester City a ganhar tudo em Inglaterra (Premier League, Taça de Inglaterra, Taça da Liga e Supertaça).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.