A equipa do Sporting de Benguela quebrou sábado, na cidade do Cuito, a invisibilidade do Sporting Club Petróleo do Bié, ao vencer por 2-0, na ultima jornada, da primeira volta do Campeonato Nacional da 2ª, série - B.

O primeiro golo foi rubricado por Resistência, numa perda de bola por parte da defensiva do Sporting em que o autor rematou sem dar oportunidade ao guarda-redes, enquanto outro tento resultou da marcação de um livre directo por Mauro.

Assim, o Sporting do Bié, depois de vencer duas partidas em casa diante das equipas do Bikuku futebol Clube da Lunda Sul, por 3–2 e do AKC do Cunene, por 1– 0, decepcionou o seu publico ao perder com uma formação considerada a mais fraca da serie-B.

No final do encontro, o técnico principal do Sporting do Bié, Henrique Leite, visivelmente triste, disse que a distração por parte dos seus pupilos durante a primeira parte do jogo ditou o resultado negativo.

Por seu turno, o técnico principal do Sporting de Benguela, Osvaldo Roque “John”, salientou que a vitória conseguida no reduto do adversário é fruto da entrega da sua rapaziada, em que nos momentos decisivos conseguiram finalizar com êxito.

Assistiram ainda ao jogo, o governador do Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto, vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas José Fernando Chatuvela, o presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, membros do governo entre outras individualidades.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.