A estreia da equipa brasileira Furia foi o momento mais esperado pelos fãs de CS: GO na competição internacional MOCHE XL ESPORTS. As expetativas estavam elevadas porque a equipa é considerada uma das melhores do mundo, figurando no Top 5 do ranking mundial de CS: GO. Sendo a principal candidata a levantar o troféu e a receber a maior fatia do prize Money de 75.000 dólares, a equipa teria de derrotar primeiro a GamerLegion para chegar à final, enquanto vingava a derrota da equipa portuguesa neste último sábado.

O primeiro mapa foi jogado em Inferno, um pick da equipa brasileira, sendo o segundo Vertigo na escolha da GamerLegion. O cenário de desempate seria decidido em Overpass. A equipa Furia alinhou com ablej, VINI, Kscerato, arT e yuurih, já os GamerLegion colocaram em campo ScreaM, hampus, HS, Ex6TenZ e nawwk.

Os brasileiros entraram com “fúria” na partida arrancando a ronda de pistolas, mas a equipa adversária conseguiu anular a vantagem, empatar e passar para a frente do marcador por 2-1. Apesar do favoritismo da Furia e ter toda a plateia do seu lado, a frieza dos alemães conseguiu parar o “samba”, num mapa desenrolado taco-a-taco. A equipa brasileira tentou mostrar porque é uma equipa de topo mundial e ultrapassou o marcador em 4-6, mas mais uma vez os alemães disseram não e recuperaram, alterando os números a seu favor: 9-6, congelando a plateia numa espécie de déjá-vu da partida do dia anterior contra a Offset. A primeira parte acabava com vantagem clara dos alemães, mas com muito ainda por jogar na partida.

A ronda de pistolas seguinte foi amealhada pela GamerLegion, dilatando a vantagem para 10-6 e depois 11-6. A Furia estava na parte do mapa teoricamente mais fácil de jogar, do lado dos CTS, mas demonstravam muitas dificuldades no mapa escolhida por si. Alta-pressão no lado dos brasileiros que viriam então a pontuar a seguir, reduzindo para 12-10.

O equilíbrio voltaria à partida, mas os alemães sempre mais próximos do match point, na “casa” do adversário, registando um 14-11. Restavam poucas hipóteses para a equipa brasileira dar a volta ao mapa. Na plateia, a equipa dos Offset comentava que os brasileiros estavam a ser individualistas, enquanto a formação alemã mantinha-se unida e coerente, e nesse sentido, conseguiu os 15 pontos que garantiam para si o eventual overtime, ou melhor, quatro hipóteses de match point. A GamerLegion carimbaria a vitória no mapa na ronda 27, não dando qualquer “abébia” de recuperação dos brasileiros.

O segundo mapa foi jogado em Vertigo, escolhido pelos alemães, mas na ronda de pistolas os brasileiros marcaram, ganhando vantagem para os embates seguintes, registando no marcador 7 pontos sem resposta. O “pontapé no caixote” ao intervalo pareceu ter tido efeito na equipa canarinha. A formação alemã apenas voltaria a pontuar na oitava ronda registando 7-1. Os GamerLegion começaram a ganhar fôlego e a ganhar terreno na tabela conseguindo recuperar para 8-7 no fecho da primeira parte.

A ronda das pistolas garantiu o empate, resultando numa vantagem para a GamerLegion que aproveitou para passar para a frente do marcador pela primeira vez neste mapa e ganhar uma vantagem de 8-11 nas seguintes. Os brasileiros começam novamente a ver a sua vida complicada perante a atitude surpreendente dos alemães. Um mapa que parecia não ter grande história para contar, acabaria por ser uma história de sobrevivência para os brasileiros que acumulariam várias derrotas seguidas.

MOCHE XL ESPORTS: Furia vs GamerLegion

Com 20 rondas jogadas, os brasileiros voltaram à partida, reduzindo para 10-11, voltando a dar esperança à equipa. Os embates seguintes foram bem disputados em ambos “bomb sites”, com a GamerLegion a manter a margem mínima de 11-12. A fúria voltaria a empatar o jogo, mas por pouco tempo, já que a frieza da equipa germânica garantiria os pontos seguintes e o match point 12-15. A vitória chegou logo de seguida, com a GamerLegion a somar a segunda vitória neste torneio internacional do MOCHE XL ESPORTS. No final da partida, Scream compreendeu o apoio do público à equipa brasileira, mas pediu que ficasse com a sua equipa na partida final.

Assim, a grande final na Altice Arena, marcada para as 18:30 irá colocar a Windigo e a GamerLegion na disputa do grande troféu e o prize money de 75.000 dólares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.