Futebol

16-09-2012 08:04

Os 36 “emigrantes” lusos nas provas europeias

A fase de grupos das competições europeias inicia-se esta semana.
liga_campeoes

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A fase de grupos da Liga dos Campeões e da Liga Europa vai contar com um total de 36 futebolistas portugueses que jogam fora do país, espalhados por 18 clubes, de 13 países.

Vinte dos futebolistas alinham em 10 clubes da Liga dos Campeões, enquanto os restantes 16 representam oito formações da Liga Europa, em médias perfeitas de dois atletas por emblema.

A Espanha lidera, com quatro clubes importadores de portugueses – Real Madrid, Valência, Málaga e Atlético de Madrid –, mas são os romenos do Cluj quem tem mais atletas (seis).

O Real Madrid, de José Mourinho, conta com mais figuras de peso - Cristiano Ronaldo, Pepe e Fábio Coentrão –, mas Mário Felgueiras, Ivo Pinto, Cadu, Camora, Rui Pedro e Diogo Valente fazem do Cluj a mais “portuguesa” das equipas.

Bem próximo, em termos numéricos, estão os cipriotas do AEL Limassol – disputam a Liga Europa -, no qual alinham Carlitos, Monteiro, Rui Miguel, Paulo Sérgio e Orlando Sá.

Curiosamente, o FC Porto apresenta na lista oficial os mesmos cinco portugueses (João Moutinho, Varela, Rolando, Miguel Lopes e Castro), tal como o Sporting na segunda prova da UEFA, no caso Rui Patrício, Daniel Carriço, Adrien Silva, Bruno Pereirinha e André Martins.

Na “Champions”, o Benfica tem mais um (seis), mas apenas Carlos Martins é assíduo na equipa, uma vez que Paulo Lopes, Miguel Vítor, André Almeida e os jovens Miguel Rosa e André Gomes não terão grandes hipóteses de jogar.

O crescente sucesso do Sporting de Braga é alicerçado em mais portugueses: Hugo Viana, Ruben Micael, Custódio, Beto, Ruben Amorim, Éder, Nuno André Coelho, Quim, Hélder Barbosa e Cristiano Pereira são os 10 representantes lusos.

Na Liga Europa, Marítimo e Académica apresentam nove cada.

Tirando Espanha, só Inglaterra e Grécia têm dois clubes com portugueses, enquanto os restantes lusos estão espalhados por um clube de Alemanha, Turquia, França, Holanda, Roménia, Rússia, Ucrânia, Croácia, Chipre e Hungria.